Feedback salva carreiras

Feedback é essencial para o desenvolvimento de uma trajetória de carreira de sucesso. Conheça seus benefícios e encontre aqui dicas de como dar e receber.

Feedback, palavra originária da língua inglesa e incorporada ao idioma português, é um instrumento utilizado para qualificação de performance, bem como (re)direcionamento de rotas, cujo objetivo principal é desenvolver as competências e habilidades desejadas de um profissional ou equipe. Foca na medição de resultados, no desempenho e otimização de ações visando a melhoria contínua.

Considerado como um espaço de diálogo entre gestores e colaboradores, um momento de estímulo e encorajamento para a equipe encontrar soluções criativas e adotar posturas proativas, compartilhando opiniões, críticas e sugestões, fundamentado em fatos e dados. Serve para melhorar o futuro e não para discutir o passado.

Este processo pode ser realizado tanto verbalmente como por escrito e de duas formas distintas: estruturado ou formal - organizado sistematicamente e com periodicidade pré-estabelecida; e pontual ou informal - dependendo da situação, a fim de evitar o acúmulo de equívocos ou desentendimentos que podem afetar o clima organizacional.

O feedback pode ser ministrado em grupo, fomentando o espírito de equipe ao expor os pontos positivos e de melhoria de uma maneira mais ampla, estreitando laços de respeito e companheirismo. Ou individual, para assuntos particulares e específicos de cada colaborador, evitando exposição desnecessária e demonstrando consideração com seus sentimentos e emoções.

Sempre deverá ser direto, contextualizado, exemplificado e transparente, visando o aperfeiçoamento do profissional com muito respeito. Podendo destacar pontos positivos de atuação ou sugerir melhorias no comportamento e desempenho:

- Feedback Positivo: reconhecimento pelo comportamento adequado, alinhado com as responsabilidades assumidas, atingindo os resultados esperados ou indo além das expectativas e metas. Traz satisfação pessoal e profissional, validando a importância de um trabalho bem feito, motivando a continuação desse desempenho e fortalecendo o engajamento. Pode ser realizado em público ou em reuniões de equipe, expondo o sucesso e incentivando outros colaboradores a seguirem o exemplo.

- Feedback Útil: também chamado de negativo ou de desenvolvimento, é uma oportunidade de redirecionar ações e comportamentos ou pontuar algo necessário para melhoria do desempenho. Precisa ser construído junto com o profissional que o está recebendo, visando ampliar a possibilidade de abertura para a aceitação do que está sendo dito. Deve ser realizado sempre em particular, evitando julgamentos e utilizando uma linguagem apropriada. Ao final, o colaborador precisa sentir-se encorajado, em condições de assumir o compromisso de seguir as orientações propostas e ter o seu aprimoramento acompanhado pelo fornecedor do feedback.

 

BENEFÍCIOS DO FEEDBACK

Os benefícios de um feedback bem estruturado são inúmeros, tanto para a equipe como para a cultura organizacional da empresa:

- Inspira insights valiosos, impulsionando os talentos do profissional;

- Potencializa as competências comportamentais para o futuro;

- Fortalece a integração da equipe, com relacionamentos mais transparentes e de confiança mútua;

- Estimula a criação de um ambiente mais harmonioso, colaborativo e participativo;

- Favorece a reflexão e a busca constante de melhorias;

- Fomenta planos de ação, alinhando as expectativas do negócio e do colaborador;

- Reduz conflitos, desentendimentos, ruídos na comunicação e fofocas;

- Corrige erros e evita retrabalhos;

- Diminui a taxa de turnover; e

- Aumenta a produtividade e a lucratividade da empresa.

 

DICAS PARA QUEM IRÁ CONDUZIR UM FEEDBACK

1-     Prepare-se com antecedência, criando um roteiro baseado em informações específicas e exemplos concretos: situação, dados, comportamento assumido, ação desenvolvida, momento que ocorreu, impacto gerado;

2-     Reflita cuidadosamente sobre os fatos apurados e qual será a linguagem mais adequada;

3-     O foco deve estar na performance e/ou nos resultados obtidos, não no profissional;

4-     Determine o melhor momento e local para iniciar a conversa, prevenindo interrupções;

5-     Evite falar em nome de pessoas ausentes ou anônimas, não seja canal para as críticas de outros;

6-     Descreva a situação e o comportamento observado sem fazer julgamentos, generalizações, exageros ou impondo rótulos;

7-     Explique qual seria o comportamento e/ou o resultado esperado;

8-     Incentive o diálogo, praticando a escuta ativa e demonstrando real interesse;

9-     Não interfira enquanto o outro se posiciona;

10-  Valide a sua percepção sobre o que a outra pessoa está sentindo e se ele está assimilando corretamente todo o conteúdo;

11-  Construam juntos um plano de melhoria, com metas claras e prazos definidos; e

12-  Faça uma recapitulação dos principais pontos da conversa e termine com palavras de incentivo.

 

DICAS PARA QUEM IRÁ RECEBER UM FEEDBACK

1-     Nunca, jamais leve para o lado pessoal e desative o mecanismo natural de defesa;

2-     Conscientize-se de que todo feedback potencializa o desenvolvimento profissional e pessoal;

3-     Faça uma autoavaliação dos pontos fortes e de melhoria, resultados atingidos e comportamentos diante das situações desafiadoras;

4-     Seja receptivo com todas as questões abordadas, principalmente com as desagradáveis;

5-     Escute com atenção, sem interromper, se justificar ou fazer suposições do que virá a seguir;

6-     Peça detalhes e exemplo de situações específicas que levaram àquela percepção;

7-     Se necessário peça um tempo para refletir, evite reagir emocionalmente buscando culpados e desculpas;

8-     Agradeça as colocações recebidas sobre a sua performance e metas cumpridas;

9-     Baseie a sua argumentação em fatos e resultados concretos, expondo o seu ponto de vista e buscando o entendimento mútuo;

10-  Estabeleça um plano de ação SMART e foque em resultados práticos;

11-  Posteriormente, reflita sobre o feedback que recebeu com tranquilidade, faça sua Análise SWOT Pessoal e tire o máximo de aprendizado; e

12-  Solicite novos feedbacks, periodicamente, para ter certeza de que está no caminho certo.


Feedback é essencial para o desenvolvimento de uma trajetória de carreira de sucesso. Esta ferramenta tem o poder de alinhar expectativas, ampliar o autoconhecimento e maximizar o potencial de entrega de resultados positivos. Contribui também para que o profissional enxergue seu próprio progresso e compreenda seus pontos fortes, pontos que precisam ser aprimorados ou adquiridos rapidamente e como a sua função impacta nos objetivos de sucesso da empresa.

Depois desta leitura, espero que você já esteja preparando ou buscando o seu próximo feedback.

Christianne Sauá Christianne Sauá Diretora Associada